Diário do Mundial VI

Diário do Mundial, 6ª Edição

Treino do Brasil acaba mal
O Brasil, selecção cujos treinos aparentemente fascinam mais a Sportv que os jogos do Guimarães na Taça UEFA, teve um ligeiro precalço quando Edmilson levou a mão à cara de Adriano, o que levou o Imperatore a rematar as pernas do jogador do Barcelona (tinha mais piada se fosse no culé) e a prosseguir o treino como se nada se tivesse passado. Poucas horas depois, o defesa acabou mesmo por sair da convocatória devido a mais uma lesão.

Caneira, que já havia passado por uma situação semelhante no passado, comentou brevemente a situação "Lembro-me de pouco, só de levar um murro e ficar meio grogue, e quando dei por mim reparei que tinha assinado pelo Sporting".

Seleccionador Tobaguenho "pica" Inglaterra
Mr. Been-Hakker, o Holandês (para quem só ganhou um Europeu apesar de ter sempre dos melhores jogadores de cada geração desde os anos 70, o que não falta são laranjinhas a treinar) responsável pela estreia de Trinidad & Tobago no Mundial já começou as hostilidades ao dizer que "A Inglaterra promete muito, mas chega ao Mundial e faz pouco". Quanto às possibilidades dos caribenhos na competição, já disse que "O que importa agora é o primeiro jogo", e adicionou "Se nos deixarem tirar um minutinho em cada parte para beber àgua como no jogo de Portugal era uma maravilha para o Latapy, o Yorke e o Hislop".

Macotes causam infertilidade, diz estudo
Os produtos de Goleo, a mascote tristemente britânica, foram acusados por um estudo independente de causarem infertilidade e incluírem agentes cancerígenos. No entanto, afastou a possiblidade de problemas graves de saúde pública já que "Ninguem os comprou. Mesmo ninguem".

Diário Wars VI – The Return of La Volpe
O Argentino encarregue da selecção mexicana foi cáustico com Kikin Fonseca, avançado Internacional já convocado para o Mundial. Segundo La Volpe, o avançado é um "estúpido" por se queixar da falta de oportunidades, já que "Quando não jogava no Pumas não ouvi este tipo de declarações". Após o confronto com Cuauhtémoc Montezuma Blanco, este é o segundo avançado que La Volpe consegue irritar ou ficar irritado (terceiro, a contar com Hugo Sanchéz), e por isso Borgetti entrou em contenção verbal, mas La Volpe já atacou o jogador dizendo que "está sempre calado, quando o mais importante nestes estágios é a comunicação entre jogadores".

Posted Quarta-feira, 31 Maio 2006 by Silva in Diários do Mundial

%d bloggers like this: