Diário do Mundial XVI

Jogo 21 – Argentina 6 – 0 Sérbia
O jogo de abertura do "grupo da morte" serviu para pouco mais que matar e enterrar a Sérbia e Montenegro ainda mais que o referendo que deu a independência a Montenegro. Mais um caso de um jogo que ficou decidido com um golo antes dos 10 minutos, a lesão de Lucho podia ter dado a impressão que as coisas ainda se podiam complicar, mas quando Cambiasso (que entrou para o lugar de Lucho) marca o 2-0, a discussão sobre o vencedor acabou. Mas a história do jogo não, com Maxi Rodriguez a marcar o segundo a minutos do final da 1ª parte. A catástrofe confirmou-se já com Tevez e Messi em campo e Késma a ver o jogo na TV após expulsão, com Messi a partir a defesa e cruzar para Crespo marcar o 4º, depois Tevez a fazer o mesmo para o 5º, e porque o futebol é uma festa e toda a gente merece participar, Messi a fechar a contagem, num jogo que muda aos três e acaba aos seis.

Golos
6' Maxi Rodriguez 1-0 – Jogada de Saviola na esquerda, cruzamento raso ao segundo poste e Maxi começa o jogo da melhor forma.
31' Cambiasso 2-0 – Cambiasso tabela com Crespo que fuzila o guarda redes Sérbio (ou será Montenegrino?) para o segundo.
41' Maxi Rodriguez 3-0 – Krastajc brinca com a bola junto à bandeirola, perde para Saviola que entra na àrea e cruza para Maxi Rodriguez rematar contra o poste, com a bola a entrar depois de bater num defesa.
78' Crespo 4-0 – Messi entra na àrea, cruza raso para o segundo poste onde aparece Crespo a dizer que sim (® Gabriel Alves) e marcar mais um.
84' Tevez 5-0 – Jogada individual do jogador do Timão que após entrar na area remata raso colocado para a esquerda do bombo da festa do dia.
88' Messi 6-0 – Messi aparece na area lançado por Tevez e fecha a generosa contagem do desafio sem dificuldades. Até pareceu fácil, mas isso é porque foi.

Jogo 22 – Holanda 2 – 1 Costa do Marfim
Com a Argentina practicamente qualificada, tal como no grupo A uma vitória assegurava desde já a passagem a duas equipas, e a Holanda cumpriu o seu objectivo, derrotando os marfinenses pelo mesmo resultado que a Argentina, num jogo de caracteristicas semelhantes: adversário marca dois golos, jogadores da Costa do Marfim atiram-se para o chão, Costa do Marfim reduz, mas não faz mais que isso. A principal diferença é que aqui a situação durou 45 minutos, já que a segunda parte foi marcada pela Trapatonização progressiva da Holanda que acabou o jogo encostada às cordas.

Golos:
23' Van Persie 1-0 – Remate fortíssimo de livre directo
27' Van Nistelrooy 2-0 – Robben segura a bola, espera que Banistelrróide saia do fora de jogo, e a aproveitar-se de um santinho na defesa africana consegue aparecer em jogo e isolado, e marca o segundo da partida.
38' Bakari Kone 2-1 – Grande jogada individual do avançado que apanha a bola em posição frontal, vai a correr a flectir para a direita, e já dentro da àrea remata cruzado sem hipotese de defesa.

Jogo 23 – México 0 – 0 Angola
Num jogo de proporções miseráveis de onde se aproveitaram as defesas de João Ricardo, os Palancas Negras conseguiram o seu primeiro ponto numa fase final, facto ao qual não foi alheia a inoperancia do ataque Mexicano cuja velocidade de jogo se assemelha a uma tartaruga sob o efeito de cannabis e lesionada numa pata. Assim sendo, sem marcar um único golo, Angola pode ainda chegar aos oitavos de final caso derrote o Irão na última jornada, e Portugal derrote o México.

Golos
Talvez amanhã. Ou depois.

Golo do dia
Foi do México – Angola. Ahah. Ou não. Não teve piadas, mas aqueles são 90 minutos da minha vida que não vou voltar a ver. Agora a sério…

Grande jogada individual do avançado que apanha a bola em posição frontal, vai a correr a flectir para a direita, e já dentro da àrea remata cruzado sem hipotese de defesa.

FIFA não vai punir Kaviedes
Após a comemoração de ontem a FIFA, determinada a banir todas as celebrações num prazo de cinco anos, informou que não iria tomar acções disciplinares sobre Kaviedes, desde que a situação não se repita. O M.I.P. ainda acha ligeiramente desconfortável a ideia de meter alguma coisa na cabeça que esteve 20 minutos enfiada numas cuecas de desporto. Enquanto estão a ser usadas.

Jogos do dia
Jogo 24: Scolari Boys Club – Irão (14:00), (2-1)
Jogo 25: Rep. Checa – Gana (17:00), (2-0)
Jogo 26: Itália – EUA (20:00), (1-0)

 

Posted Sexta-feira, 16 Junho 2006 by Silva in Diários do Mundial

%d bloggers like this: