Diário do Mundial XXX

XXX as in 30, não hardcore pr0n

Alemanha 0 – 2 Itália
A primeira meia-final trouxe colocou os finalistas de 1982 em acção, mas num jogo no qual “1982” não teve nada a ver com a qualidade de jogo desse mundial, apenas a data de nascimento de alguns jogadores. Com um ritmo de jogo vivo, mas esencialmente baseado em passes falhados e recuperações, a Alemanha teve as melhores ocasiões, mas menos posse de bola na primeira parte . Já na segunda parte, o árbitro mexicano Benito Archundia, transformou um penalty inexistente num livre directo, mas Ballack rematou por cima. O prolongamento começou com a imagem de marca de Gilardino, a fazer uma grande jogada pelo flanco direito e depois a rematar à trave. Pouco depois, Zambrotta abana os postes de novo com um remate colocado de longe, e a partir daí o jogo arrefeceu. Quando parecia que o jogo se ia encaminhando para os penalties (e invariável vitória da Alemanha), um canto da Itália sobre para Pirlo, a bola segue para Grosso que é de novo o herói da Itália com um remate excelente a bater Lehmman, a pouco mais de um minuto do fim. Com a Alemanha já completamente desesperada no ataque, um contra-ataque dá a Del Piero a oportunidade de fechar o jogo com um golo, e o futuro jogador da Serie C coloca a Itália na final em estilo.

Golos
119′ Grosso 0-1 – Canto, a bola sobre para Pirlo que coloca no lateral com um Laudrup pass, e Grosso remata arqueado ao segundo poste.
121′ Del Piero 0-2 – Contra ataque rápido, Gilardino isola Del Piero que remata com classe para o segundo

Golo do dia


Canto, a bola sobre para Pirlo que coloca no lateral com um Laudrup pass, e Grosso remata arqueado ao segundo poste.

 

Ribery e as posições
Uma das revelações do Mundial, o médio Franck Ribery e clone de Gary Neville nas horas vagas, considera Scolari “um grande jogador, que jogou em grandes equipas“, sendo corrigido pouco depois pelo staff da federação Gaulesa. No entanto, como os jogadores Portugueses nunca se enganam nem têm dúvidas, o jornal O Jogo decidiu partir para o insulto directo (uma coisa que nunca se faria nos Diários do Mundial. Mas mesmo nunca) e chamar Ribery de “idiota“. A redacção espera ansiosamente uma capa assim:

 

Já que Cristiano Ronaldo é incapaz de fazer uma frase em inglês. Mas isso seria anti-patriótico, e ele deve durar tanto em Manchester como um jogo da Inglaterra que vai a penalties.

 

Jogos do dia:
SBC – França, 20:00

Posted Quarta-feira, 5 Julho 2006 by Silva in Diários do Mundial

%d bloggers like this: