433, III Edição, 9-08-06

Adriaanse sai
A única pessoa que acreditava ser possível jogar em 3-4-3 em Portugal decidiu fazer o que qualquer não-banana faria, e bateu com a porta a um clube que ainda há dois anos contratava alegremente Pitbulls e Fabianos, mas agora não tem dinheiro para arranjar um avançado. Assim sendo, o FCP prepara-se para apresentar o quinto treinador desde que Mourinho saiu.

Porto enterra, faz figura de urso
O Porto terminou a sua participação no torneio de Amestrerdão com duas derrotas, uma frente ao Manchester United por 3-1 (onde Rooney teve tempo para ser expulso de novo) e ao Inter por 3-2, tendo das duas vezes estado a perder por 3-0, reduzindo sempre com golos de excelente componente técnica, como o de Pepe frente ao Manchester e o de Cech frente ao Inter. No entanto, como os grandes golos valem o mesmo que grandes buracadas defensivas, o Porto apenas safou-se porque o Ajax fez ainda pior. E mesmo assim, se tivesse jogado contra os anfitriões, o mais natural era ter mesmo ficado em ultimo.

Com a falta de um ponta de lança (que para quem não sabe, é o que chama de “gajo que marca muitos golos”), o Porto arrica-se assim a repetir a fantástica prestação do ano passado, em que esteve quase a ganhar em todos os jogos.

E o Bosingwa é um meco.

Crespo emprestado de novo
O Chelsea voltou a emprestar Crespo, desta vez ao Inter, clube que já representou em 2002. Com esta contratação, o Inter confirma a sua intenção de perder o título.

FPF contra Afonso de Melo
A Federação Portuguesa de Futebol publicou um comunicado onde negou qualquer ligação ao livro de Afonso de Melo “A Pátria Fomos Nós”. O ex-acessor, que entre outras coisas decidiu por algum motivo chamar “prostitutos da palavra” a quem, vá-se lá saber porquê, não alinhava com as palavras do Sargento da equipa de saltos de plataforma do exército dele. Porque como toda a gente sabe, Portugal maravilhou tudo e todos com o seu futebol ofensivo, sendo o recorde de 356 minutos sem marcar um que seja (substancialmente menos se o desvio de Petit frente à Alemanha contar) apenas um promenor estatístico.

Ainda não se sabe se a Federação irá apresentar queixa contra o broxista e engraxador de serviço.

Benfica empata, adia decisão para a segunda mão
O Benfica empatou por um golo com o Austria de Viena, tendo assim mantido as aspirações de ambos os clubes de seguir em frente na competição. Um golo de calcanhar de Nuno Gomes foi correspondido por um remate de fora da àrea de Blanchard, com Quim a mostrar de novo que a os poderes ocultos de Moretto ultrapassam mesmo fronteiras.

Obikwelu ganha, pessoas mais interessadas em Simão
Francis Obikwelu venceu ontem os 100m nos Europeus de Atletismo, tendo conseguido o primeiro tempo abaixo dos 10 segundos na competição. O ex-atleta do Sporting (porque saía demasiado caro ao “clube mais eclético do país”) partiu de um arranque típicamente lento, mas recuperou tudo nos 60 metros finais, tendo conseguido ainda terminar com uma vantagem apreciável sobre o segundo. João Vieira tambem conseguiu uma medalha de bronze nos 20 kms marcha, com o recorde nacional. No entanto, as pessoas preferem dar destaque a mais um falhanço nas negociações por Simão Sabrosa. Uma coisa que já se sabe, não vai acontecer. Mas que continua a ter cobertura.

Posted Quarta-feira, 9 Agosto 2006 by Silva in QuatroTrêsTrês

%d bloggers like this: