Caiu a máscara…

… ao paladino da justiça do futebol Português. Quando o mesmo se prepara para cair no abismo (insisto, não por culpa do PdC, para tristeza de muitos, mas pela mão do triunvirato Gil Vicente/Belem/Liga), a auto-denominada única pessoa seria no meio foi apanhada a combinar árbitros com o presidente da câmara aqui do burgo. Mas segundo o Saeed Al-Sahaaf da luz, quando um àrbitro “não dava garantias” eram garantias  “de competência, de qualidade, que levam à seriedade da arbitragem“. Por isso, toca a escolher um árbitro que protagonizou a chamada “Batalha da Choupana”, num jogo onde Costinha levou um pontapé no peito e Maniche decidiu entrar com uma entrada à Roy Keane já no segundo tempo, e na época seguinte, deixou passar em claro um pontapé de Flávio Meireles na cabeça de Costinha, que só recuperou os sentidos no balneário.
A FIFA já suspendia os clubes e a selecção por uns anitos, a ver se os dirigentes que gostam de forrar os bolsos e os falsos profetas têm todos o tratamento que merecem.

Posted Sexta-feira, 8 Setembro 2006 by Silva in Futebol

%d bloggers like this: