433, X Edição, 05-10-06

Jesualdo strikes again, Liédes strikes first
Após entrar em campo preparado para empatar a todo o custo (mesmo a custo do empate) frente ao Arsenal, os fantasmas de Londres seguiram no avião, e voltaram a atormentar Jesualdo frente ao Arsenal da Pedreira, e frente a uma equipa com alguma personalidade, voltou a apostar na corajosa tática com seis elementos defensivos, tendo sofrido um golo de Marcel, ainda com Postiga (sabe-se lá como) a marcar o empate no fecho da primeira parte, quando o Braga esteve perto do segundo. Que apareceu a meio da segunda parte, quando Quaresma perdeu a bola do meio campo, deixou Luis Filipe correr à vontade, e frente à passividade da defesa Portista, rematou cruzado, com hipóteses para Helton que mesmo assim não evita o golo da derrota.

Quanto ao Braga, após qualificar-se para a Taça UEFA, descobriu que os seus adversários serão o Sevilha, o AZ Alkamaar, Slovan Liberec e o Grassopphers.

Da mesma forma que Fernando Santos é o treinador para quem queria Koeman de fora do Benfica (que por outro lado era o treinador para quem não queria o Trapattoni), o Jesualdo é o treinador que os que não queriam o Adriaanse.

Quanto ao Sporting, recebeu e derrotou sem dificuldades o União de Leiria com o destaque a ir para o primeiro golo de Liédson esta época. De penalty. O Benfica, após ver-se apertado, tambem recebeu e derrotou o Desportivo das Aves por 4-1, com Quim a ser inspirado pelo nome do adversário. Scolari considera dar-lhe a titularidade no próximo compromisso da selecção.

Rui Costa com macro-ruptura
Afinal de contas, a lesão do messias da Luz era mais grave do que se pensava, e qual furacão tropical, a lesão passou de um nível 2 “edema muscular” para um nível 4, “ruptura muscular de 2 cm”, podendo ficar de fora até 2007. Como já é comum, no Benfica já sacudiram a àgua do capote, e a culpa é da clínica.

Paulo Jorge, do alto da sua experiência de dois anos a alto nível (já que no Maia às vezes nem médico tinham) diz que no Benfica “Temos o melhor departamento médico de Portugal“. A redacção de uma só pessoa do MIP aposta que ele ainda não se lesionou. Ou estava cego, surdo e mudo quando o Jankauskas jogava com uma mialgia em cada perna, Mantorras servia para os estagiários de medicina treinarem pontos nos seu joelho e ligamentos, quando o Nélson jogou seis meses coxo e quando a transferência do Manuel Fernandes ia ficando pelo caminho por causa de uma lesão.

Litos expulso de novo
O capitão da equipa do Boavista que venceu o campeonato em 2001 conseguiu a proeza de já ter sido expulso por duas vezes nesta época. Sobre isso, apenas diz que “Estou triste, porque toda a gente me conhece e sabe que não sou um jogador maldoso ou violento.

Eu até dizia qualquer coisa mais, mas para quê ?

Kily acusa Mancini
Kily González, antigo jogado do Inter acusa Mancini de ainda agir “como um jogador, muitas das suas reacções não são bem aceites pelo grupo“. O Interista de serviço apenas diz que “se treinasse tão bem como jogava, não era preciso andar a ganhar títulos na secretaria”.

Calderón acusa Abrahamovic
No momento bizarro da semana, o presidente eleito do Real Madrid acusou o petroleiro Russo de inflacionar o mercado, e que isso faz com que “o valor das transferências estejam cada vez mais elevadas. Ele paga muito caro aos jogadores e nós somos obrigados a seguir“. Uma coisa interessante de se ouvir, vindo do clube que pagou 66 milhões pelo Zidane, 60 pelo Figo e 45 pelo Ronaldo. Só para citar três exemplos.

Frase da Semana
He is a half decent-looking geezer. I am not feminine or gay in any way but he is not ugly and a few birds like him” – Rio Ferdinand sobre Peter Crouch
Edição tardia e resumida por motivos relacionados com sombras de bestas e hóquei no gelo.

Posted Quinta-feira, 5 Outubro 2006 by Silva in QuatroTrêsTrês

%d bloggers like this: