433, XXIV Edição, 07-02-2007

SBC derrota Brasil
No Estádio da Luz com Acabamentos, a equipa de Scolari bateu de novo a selecção Brasileira treinada pela camisa de Dunga com um golo de Simão e outro de Ricardo Carvalho, muito estranhamente após Cristiano Ronaldo já ter saído. Ou talvez não.

Numa primeira parte em que os SBCs saíram com sorte em não sofrer golos, incluindo um remate de Lucímar à trave (se fosse no Hamburgo saía por cima) com um meio campo e  incrívelmente ausente e um Caneira que se preferia que tivesse seguido o mesmo caminho, pelo que Petit decidiu prender uma garrafinha de aguardente debaixo de pescoço enquanto tapava os buracos deixados por Caneira e Tiago.  No ataque, Cristiano Ronaldo corria como quem estivesse nos 100 metros: muito depressa e sem olhar para quem está a acompanhar.

Na segunda parte o nível de jogo baixou até aos níveis do termometro, e enquanto Dunga tremia de frio vítima da moda, Quaresma cruza e Simão aparece num remate acrobático para fazer o que Postiga não faz desde o ano passado, e minutos mais tarde Hugo Viana cruza para Ricardo Carvalho fechar a contagem em 2-0.

Porque era impossível Portugal  marcar sem o Ronaldo.

Benfica tropeça, Derlei bate com o braço na cara de alguem, Porto tropeça e bate com a cara no chão, Sporting ganha com os braços nas costas de alguem e este título bem que podia ser mais curto porque vai dar cabo da formatação toda.

Como o título já vai longe quanto chegue, vamos directamente ao assunto: o Benfica, bem que tentou chegar ao golo durante noventa minutos, mas o poste, Katsouranis e, sabe-se lá como, William, impediram que o Benfica marcasse um golo. Derlei decidiu marcar o seu regresso na cara de Grelo Zelak, ao que Pedro Henriques disse “não há mal”. Já o Porto não fez nada para ganhar o jogo durante o mesmo espaço de tempo, e quando Fontes decide jogar andebol na área e Rui Duarte meter um selo branco marca “adidas” no joelho de Mareque ao que Jorge Sousa diz que foi só uma festinha. No Sporting, Duarte Gomes decidiu que estalos do Caneira não são passíveis de sanção disciplinar, Liédson pode atirar-se para o chão que é penalty na mesma e como o tempo já começava a apertar, decidiu acrescentar uma lei nova onde é permitido a jogadores com nome de chocolate apoiarem-se nas costas de defesas para empatar a partida.O MIP sugere ao Porto a contratação de Emmanuel Carte d’Or, Patrick Nestlé e Lubos Milka para quando se encontrar com Duarte Gomes. O mesmo Kinder decidiu ainda marcar mais três golos, para surpresa dos presentes.

Dois destes casos não apareceram nos respectivos resumos da RTP, SIC e TVI. Liga NeoBlanc – arbitragens branqueadas mais branqueadas, não há.

Quim planeia conquistar o Mundo


Mas primeiro, vamos partir as pernas ao Moretto

Campeonato italiano (mal) parado
Se o Jack Bauer estava de prevenção para o caso do Mancini chegar a 24 vitórias consecutivas, nada podia impedir as cenas do Padrinho IV que se assistiram na Sicília no jogo entre o Catania e o Palermo. Com isto, a actividade futebolística em Itália para por 15 dias, e seguem-se duas jornadas à porta fechada. Porque como toda a gente sabe, é mais fácil controlar gente à solta na rua que dentro de um estádio.

Pai de Diego arrestado
Djair Ribas da Cunha O mais conhecido empresário a Norte do Douro e a sul do Conde Ferreira, o “Papai” do respectivo “minino paulista” foi detido para interrogatório e respectiva investigação sobre o atropelamento com intenção de matar a um motociclista em plena via pública, com o qual teria alegadamente “questões pendentes”. Com estas revelações, Adriaanse procurou refúgio na máfia ucrâniana (onde lhe ofereceram um BI Português com o nome “Jacobo Adriano”) e Pinto da Costa decidiu entregar-se na PJ para mais esclarecimentos sobre uma coisa qualquer.

Luís Filipe Vieira diz…
se chama Luiz, quer dizer que é bom

10 coisas que o Porto pode fazer ao Ricardo costa e ao Jesualdo

  1. Oferecê-los em troca com Serralves para varredores por um Museu para o clube;
  2. Pô-los numa sala com o Derlei, o Caneira, o Duarte Gomes e o Pedro Henriques;
  3. Por os dois a ouvir os debates sobre o aborto 24 horas por dia;
  4. Colocar uma bola a saltar entre eles e o Rui Duarte com o Jorge Sousa a ver;
  5. Pô-los a puxar riquexós pela Alameda acima e abaixo pelo salário mínimo e gorjetas;
  6. Oferecer-lhes impressoras da Brother. Com tinteiros “meio vazios”;
  7. Vender um ao Marselha, trocar o outro por um daqueles jogadores com nomes esquisitos que o Boavista tem agora;
  8. Porem-nos nas superiores para cortar a ventania
  9. Vestir-lhes uma camisa da colecção Dunga 2007 e obrigá-los a sair à rua Fevereiro de manhã só com ela vestida
  10. Dizer ao pai do Diego que foi por culpa deles que ele deixou de jogar no Porto

O MIP gostava de ver…
… um torneio entre Lyon, Porto, Bayern e ou o Real Madrid ou o Barcelona, para ver qual deles está menos morto.

Posted Quarta-feira, 7 Fevereiro 2007 by Silva in QuatroTrêsTrês

%d bloggers like this: