433, XXIX Edição EXTRA

PORQUE HÁ COISAS QUE FICARAM POR DIZER

Jogo com revelação bombástica

 

O que diga-se, iria explicar muita coisa, da risca ao meio do Paulo Bento ao fascínio do Quaresma em enfiar bolas pelo meio das pernas de outros homens. E explica o contentamento dele em estar com a mão naquilo.

Supremo Tribunal prepara-se para acabar com o futebol

Agora devia ter aqui a The End dos Doors, mas aquilo nunca mais acaba e não ando a nadar em espaço.

Enquanto Seis Milhões esperam o final, embora não muito depressa, do Apito Dourado, o Supremo Tribunal de Justiça adiantou-se e já ditou o final do futebol em Portugal quando largou uma Bomba-B e decidiu que três alíneas do contrato colectivo de trabalho (aquela coisinha que cancela épocas inteiras nos Estados Unidos) são ilegais, entre as quais a das cláusulas de rescisão. Isto significa que quando um jogador amuar com o clube pode pagar os salários que iria receber até ao final do contrato e ir para outra por sua vontade.

O MIP obteve uma imagem de Nani quando soube do sucedido:

Estamos agora à espera de ver a renovação do contrato de Moutinho com o Sporting até 2210.

Posted Quinta-feira, 15 Março 2007 by Silva in QuatroTrêsTrês

%d bloggers like this: