30 Rock

30rock_1.jpg

Quem me conhece, sabe que sou particularmente resistente a perder tempo a tirar séries de um tracker qualquer (o Mr. C0rp0rat3 wh0re que o diga, vai ser preciso muito para me dar para começar a sacar Heroes), até porque o espaço em disco é limitado. No entanto, os gravadores de DVD já dão para enfiar uma boa parte de uma época, por isso nada como ir espreitar o que se faz agora, até porque ultimamente tanto o Family Guy e o American Dad! estão com episódios bastante desinspirados (principalmente o primeiro). Tendo sido recomendado por mais que uma pessoa no Yakalike do Markl (e até pelo próprio), a escolha foi para 30 Rock, a criação de Tina Fey, ela própria ex-argumentista e actriz de Saturday Night Live.

30rock_2.jpg

A história acaba por ser precisamente influenciada pela sua presença na série: Liz Lemon (Tina Fey) é argumentista no The Girlie Show, um programa de variedades. O equilíbrio é alterado quando Jack Donaghy (Alec Bladwin), um executivo com carreira fora da televisão é colocado como vice presidente, e apesar do sucesso do programa, decide contratar Tracy Jordan (Tracy Morgan), um actor de filmes de acção que rapidamente se torna o foco do programa, para desespero de Jenna Maroney (Jane Krakowski), a estrela do programa. A partir daí segue-se a luta entre as ideias “I know best” de Jack contra a experiência de Liz, sem que nenhum dos dois tenha bem a noção do que está a fazer quando o assunto está fora da sua àrea (Jack na Televisão, Liz na sua vida pessoal) e o duelo entre Tracy e Jenna pelo protagonismo no programa.

30rock_3.jpg

No entanto, o destaque da série vai para um actor: Alec Baldwin. Enquanto a sua streak de actor de comédia é bem conhecida (afinal de contas, 13 vezes no Saturday Night Live são 13 vezes), a forma como interpreta Jack Donaghy é algo que seria difícil de igualar por outros actores (talvez tirando o também convidado permanente do SNL Christopher Walken). Aliás, nada como ver:

Prestes a acabar a primeira série ainda este mês, esta é uma excelente altura para começar a ver a série sem desesperar pelo próximo episódio. Isto tirando a pausasinha até que volte para o Outono. Ou que os torrents não encravem a 60% a dar hash errors por tudo e por nada. Arre pró episódio 11.

Posted Quarta-feira, 18 Abril 2007 by Silva in Televisão

%d bloggers like this: