Marie Antoinette

marie_antoinette_2.jpg
Poupem os comentários porque isto é a capa da única coisa que vale a pena no filme

… now this was a waste of time. Ao contrário de outras pessoas, eu não percebo rabo de cinema. Quando digo isso é mais no sentido “o 2001: A Space Odissey bores the hell out of me” não no sentido “o xXx e o The Fast and the Furious são os melhores filme de sempre“. Vade retro. Eu até tenho em altíssima estima o Lost in Translation, e um filme da Sofia Coppola com os New Order na banda sonora simplesmente não podia ser mau. Pois. Estava redondamente enganado, e como diria o Van Gaal num anúncio da Nike há uns anos “It’s rounder“.

Anyway. Não é que o filme seja péssimo, mas mais parece ou um “videoclip de duas horas” ou como eu digo, um conjunto de histórias muito mal ligadas do género “Maria Antonieta cruza o Reno“, “Maria Antonieta conhece o sogro“, “O casamento de Maria Antonieta“, “Maria Antonieta na broga“, “Maria Antonieta na rambóia com o sueco que não é louro” e por aí fora até acabar como todos já sabemos. Tirando a completa falta de um fio que vá de uma ponta à outra do filme, em termos de imagem o filme está bastante bom (agora não sei se diga “basta ver aquela frame que abriu este post” ou “não vou dizer nada sobre as vezes que a Kirsten Dunst aparece em trajes ausentes“, por isso vão as duas), mas o que salva de facto o filme é a banda sonora (embora alguem podia ter dito à Sofia Coppola que há uma música, bem jeitosa por sinal, chamada Vienna de um album com o mesmo nome que não deveria ser propriamente difícil de encaixar).

Anyway. Alguem se importa de me devolver esta manhã? É que para compensar o tempo perdido a ver o filme tive que pensar numa coisa como esta:

this_isnt_sparta.jpg
Absurdo? Sem dúvida. Mas Esparta aquilo não era, embora o Louis XVI… hmmmm…

Um texto curto sobre cinema? Sem dúvida, mas a verdade é que para um filme com quase duas horas passa-se bastante pouco. Elogiar banda sonora? Check. Elogiar o guarda roupa e os cenários? Check. Fazer comentários sobre a Kirsten Dunst? Check. Dizer que o Steve Coogan é grande? Disse agora. Criticar a falta de um fio narrativo? Check. Falar do diálogo? Qual diálogo?

PS: Eu prometo que é a última vez que escrevo sobre filmes nos próximos tempos. Até apanhar um filmezito de jeito, pelo menos.

Posted Quarta-feira, 9 Maio 2007 by Silva in Cinema

%d bloggers like this: