Odeio. Odeiodeiodeiodeiodeiodeiodeio…

… Agosto. Mas já explico porquê. Primeiro, vamos a um momento tão mau que qualquer coisa que eu escreva parece saída de uma coisa que as pessoas até queiram ler:

Só porque não encontrei um clip do momento da areia, e tudo lá é tão macio e tal. E não se aceitam apostas em como o Dan vai dizer “Natalie Portman? ______-a toda!“.

Agosto. Um mês irritante por diversos motivos. Para muitos, é quando se tira férias (mas também quando acabam), normalmente está calor (e quando não está é uma chatice do caraças porque um gajo quer dizer mal dele), faço anos, e conforme reparei nesta semana, as lojas começam a fechar todas. Como havia dito antes estava a pensar em fazer um ligeiro alargamento na minha colecção de CDs, e como eu combino tão bem com compras on-line como com talento, normalmente vou às três lojas do costume. A escolha, após visionamento do fantástico Seven Ages of Rock – What The World Is Waiting For não caiu sobre os Smiths, como seria de esperar, mas sobre os Suede, mais concretamente um dos meus álbuns preferidos da era Britpop (hmmm, é de mim, ou eu digo isto muitas vezes?), o Coming Up.

No entanto, como vim a descobrir da forma mais dura, as lojas mais pequenas fecham nesta altura do ano. Por isso, restava a CDGo/Jo-Jo’s (nome que não gosto de usar por não saber se é “jojós” ou anglicizado), mas aí a compra teria que ser diferente. Não vou aprofundar a velha questão de alguns problemas de orientação combinados com uma grande dose de masoquismo já que isso aborrece-vos de morte. Em vez disso, vamos para um gráfico que explica tudo, mesmo para quem não conhece a zona (palpita-me que 100% dos leitores, já que a) eu nem leio o que escrevo e b) mesmo que lesse isto, está claro que não conheço bem a zona) :

lerdo.png

Pois bem. Uma das escolhas alternativas era o Barbed Wire Kisses (escrevi direito desta vez? Parece que sim…) dos Jesus and Mary Chain, que graças à cover da Surfin’ USA, a presença do primeiro single (Upside Down), uma versão acústica da Taste of Cindy e outros b-sides como Kill Surf City e a Everything’s Alright When You’re Down ganharam depressa o meu afecto. Como a CDGo (warning.png indie store suck up warning warning.png) é sem dúvida a melhor loja de música no Porto para material novo, não só o respectivo era bastante barato, como ainda levou um desconto de 25%. Ou seja, um álbum daqueles que eu não descansava até ter por €6.72.

Agora, certamente estão todos à espera de ver a minha foto com ele na cabeça, mas antes disso, convém referir uma coisa. O CD, uma re-edição de 1999, tem um aviso que já não via mesmo há muito, muito tempo:

jamc_bwk_aviso.jpg

Isto, além de dar razão aos que dizem que só “compras música antiga“, justifica que a fotografia com ele seja especial. Pois bem.

barbed_wire_cabeca.jpg

Com adereços.

Posted Sábado, 18 Agosto 2007 by Silva in Compras, Musica

Tagged with

%d bloggers like this: