16 coisas sobre mim…

… que muitos de vocês provavelmente não sabem sobre mim, e têm medo de perguntar porque tenho ar de quem rouba auto-rádios com as pessoas lá dentro. No entanto, fui desafiado pelo Super Homem em pessoa a dizer 16 coisas sobre mim (tal como ele), e como não quero ficar pendurado de cabeça para baixo na ponte do Freixo, acho melhor começar a escrever…

  1. Apesar de quem vem aqui conhece-me mais pela colecção/posts de música, esta ainda é cerca de um terço da minha de jogos de computador – segundo as últimas contas, tenho qualquer coisa como 340 jogos, para 5 plataformas.
  2. Tenho um LEGO destes em cima da mesa do computador.
  3. Muito frequentemente, acham que namoro com alguma amiga minha. Por esse motivo, acho que o que tenho mais a temer são namorados ciumentos e com falta de pensamento lógico.
  4. Portista, mas a ligar cada vez menos ao futebol depois do circo todo com as presenças do Porto nas competições Europeias (em que todos os apresentadores pareciam apoiar o clube) e com a palhaçada do Euro 2004.
  5. Demoro a aderir às tecnologias: tive o primeiro telemóvel em 2007, e o meu leitor de mp3 ainda não tem sequer meio ano.
  6. Sigo religiosamente as transmissões da NFL. Domingo vou estar muito provavelmente colado à televisão a noite toda.
  7. Costumo ir a pé para todo o lado – incluindo o Parque Nascente, que quase não tem acessos pedonais a partir da Areosa.
  8. Conheço um sem-número de formas de fazer tostas, em parte porque queria aprender como se fazia umas tostas tipo Panini que se compravam no Minipreço vai para 10 anos.
  9. Quando jogava futebol, era conhecido pelos remates de trivela, entradas de carrinho em cimento e bloquear remates com a cabeça. E muitos frangos.
  10. Secretamente (ou não tanto quanto isso) gostava de estar numa banda ao mesmo tempo que incutia algum senso musical no jornalismo dito de música em Portugal. No fundo, gostava de formar os Saint Etienne cá do burgo.
  11. Comprei uma guitarra para chegar à conclusão que se tiver algum futuro nisso, é como produtor.
  12. Aliás, formulei a ideia de comprar a guitarra depois de ouvir a Freed Pig dos Sebadoh
  13. Sou um freak de arrumações. Não no sentido de ter sempre as coisas num brinco, mas ao ver uma estante cheia de coisas tenho sempre que imaginar a forma mais eficaz de as arrumar.
  14. Estou numa cruzada semi-permanente contra a Fnac, empresa a quem desejo um final agonizante. Entre limpezas de stocks com descontos de 90% para cima
  15. Não assumo personagens fictícias ou faço clones na internet. Teve graça quando me pus a concordar e discordar de mim mesmo. Por 5 minutos. No NHL Wishlist. Em 2000.
  16. Não sei quem vá desafiar para escrever os 16 factos sobre eles/elas.

Posted Sexta-feira, 30 Janeiro 2009 by Silva in Bandalheira

%d bloggers like this: