Co caraças…

Ando a fazer o hype às mesmas coisas que o Pitchfork, o que não deixa de ser perturbador, principalmente porque ando a fazer isso ainda nem o Pitchfork falava deles. Recordando o que disse em 2008 do álbum, prevendo uma saída no final do ano…

Ainda estão na fase dos EPs e singles, mas 2008 pode ser o ano que a banda tem o tão ambicionado contrato discográfico. Já com um bom número de músicas no currículo, começa a ser tempo da banda de twee/indie pop pensar em dar o salto. Talento não falta, resta aproveitar uma oportunidade.

E o que disse no princípio deste…

Uma das bandas emergentes da  scene de NY e uma das bandas fetiche deste tasco finalmente chega a 2009 com um álbum pronto para seguir para o número crescente de fãs. Apesar de conter poucas novidades (grande parte das músicas já foram disponibilzadas anteriormente no EP ou nos diversos singles editados), é uma hipótese para ter em disco todas as músicas com edições mais elusivas (afinal de contas, neste mundo uma edição limitada quer mesmo dizer 500 cópias, não 500 mil)- e a nova versão de Come Saturday é, na falta de melhor palavras, um mimo.

Este blog anda a ficar cada vez mais estranho nas previsões que faz. Seja como for, aqui fica de novo Everything With You.

Posted Sexta-feira, 6 Fevereiro 2009 by Silva in Bandalheira

Tagged with

%d bloggers like this: