Archive for the ‘Film School’ Tag

Ohm, Sweet Ohm IV

Mais três…

Minotaur
The Clientele
Ω Ω Ω

Um ano após a perfeição Outonal de Bonfires on the Heath, os Clientele re-aparecem em 2010 com um mini-álbum (ou se quiseremos, um EP de 30 minutos) com sobras de material das ultimas sessões. E que sobras são – MinotaurGerry captam o ouvinte da mesma forma que os primeiros acordes de I Wonder Who We Are.

Apesar de lhe faltar a coesão de um álbum devidamente estruturado, resta-lhe apoiar-se na força das musicas.  Consegue? Sem dúvida.

Surfing The Void
Klaxons

Não é que seja mau.  Aborrece, mas não ofende, tem alguns momentos razoavelmente bons (Venusia), mas no fim por baixo de todo o blá blá experiencialista dos membros da banda, é um álbum formulaico, com o single Echoes a ser o melhor exemplo. Se por pressão da editora ou não, acaba por ser irrelevante – um artista tem de saber até onde está disposto a fazer concessões…

Fission
Film School

Filhos da década que a história vai acusar de não ter sido mais que o mastigar de referências passadas (e acredito que nesses 10 anos não faltou espaço para recalcar tudo e mais alguma coisa), os Film School chegam a 2010 com um novo álbum, um pouco afastado do dreampop que classificou plenamente esta banda nos trabalhos anteriores, com músicas de certa forma mais convencionais e de mais fácil acompanhamento.

O melhor elogio que se pode fazer a Fission é que é competente. O pior é que é desinspirado, e no fundo, já ouvimos isto tudo algures. Seja há 30, 20 ou nos últimos 10 anos.

Na próxima edição: Röyksopp de certeza, o resto já não me lembro o que era.

Anúncios

Posted Terça-feira, 31 Agosto 2010 by Silva in Ohm Sweet Ohm

Tagged with , ,

TOP DA DÉCADA: 150 – 50

Depois de apresentar os melhores de 2009, chegamos agora à altura de apresentar os melhores da década. Estes estão por ordem alfabética, e de novo, não estão por qualquer ordem de preferência.

Assim, aqui estão os álbuns eles:

Leia o resto deste artigo »

Look at the sky…

Depois do sucesso que foi a primeira mixtape de shoegaze, originalmente criada para a Hora do Bolo da Radar FM (se não estivesse sempre com a inbox cheia), do alto da minha desocupação, aqui fica o segundo volume, a quem dei o nome de Look At The Sky…

Quem espera mais uma compilação com os My Bloody Valentine, Slowdive, Ride, Asobi Seksu e afins pode antes rumar à compilação anterior (que nem me lembro de ter escrito sobre ela aqui), tirando a última faixa (que incluí muito por culpa do nome, que fica a matar) é tudo bandas que ainda não tinham sido destacadas. Entre o Shoegaze, newgaze, twee, noise e sons inspirados, é cerca de uma hora de música que vai desde 1992 até este ano, com muito destaque para o que mais recente se fez no género.

A PLAYLIST

  1. A Place To Bury Strangers – To Fix the Gash In Your Head (ST, 2007)
  2. Curve – Horror Head (Doppelganger, 1992)
  3. The Pains Of Being Pure At Heart – The Pains Of Being Pure At Heart (EP, 2007)
  4. Maps – So Low So High (We Can Create, 2007)
  5. The Depreciation Guild – Sky Ghosts (In Her Gentle Jaws, 2007)
  6. Cruyff In The Bedroom – Hakuchume (Saudargia, 2008)
  7. Astreal – Projektion (Fragments Of The Same Dead Star, 2008)
  8. Film School – He’s a DeepDeep Lake (Film School, 2006)
  9. Ambulance LTD – Yoga Means Union (LP , 2004)
  10. Ulrich Schnauss – Medusa (Goodbye, 2007)
  11. Resplandor – Breathe (Pleamar, 2008)
  12. Loveliescrushing – Valerian (Her Voice Honeyed) (Xuvetyn, 1996)
  13. Yo La Tengo – I Heard You Looking (Painful , 1993)

COMO OBTER

Como já me apagaram a conta no FileFreak e não quero que me apaguem o blog, digam qualquer coisa no MSN para vos passar o link. Pelo mail ali do canto não vale a pena que vou lá quando o rei faz anos.

CONSIDERAÇÕES TECNICAS

A compilação foi feita com base em ficheiros audio de diversas fontes, desde downloads legais, ilegais e de rips dos meus próprios CDs, por isso a qualidade varia muito entre os 128 kbps e os 192~256 kbps VBR.