Archive for the ‘KLF’ Tag

Compras

Compras Junho

Lição #931: Nunca compro aquilo que digo que vou comprar. Mas compro muitas mais do que previa.

Leia o resto deste artigo »

Anúncios

Posted Domingo, 6 Julho 2008 by Silva in Compras, Musica

Tagged with , , , , , , ,

What day is today?

Compras AbrilNão, não acho que existe uma música chamada “Monday Morning” (o mais próximo que conheço é a Sunday Morning dos Velvet Underground), mas é o dia em que finalmente faço o tão pouco esperado post com coisas que compro. Mas que faço na mesma.

Conforme tinha dito anteriormente, comprei os primeiros vinis de 12″, e obviamente não tenho espaço para eles. Seja como for, são uma recordação da feira do vinil em Gaia a comemorar o Record Store Day. Sobre o single de 12″ dos KLF não há nada a dizer – ou melhor, até há, mas deixo isso para uma versão mais formal de um texto que meti no Google groups. O single de 12″ é o bastante comercial (como seria de esperar por parte daqueles dois) 3.A.M Eternal (Live at the S.S.L.), um dos maiores hits da vaga acid house/rave/whatever. À direita, Palavras ao Vento, o LP de 1991 dos Resistência que a bem dizer catalisou todo um interesse na música Portuguesa na primeira metade dos anos 90 (e ajudado por problemas contratuais dos agora “dinossauros” dos anos 80). Parece uma compra algo atípica, mas o cassingle com a Nasce Selvagem, Não Sou o Único e Liberdade foi a minha primeira compra músical, isto lá para os anos idos de 1992 ou 1993. Ou 1991, nem consigo situar bem no espaço temporal. Só sei que foi uma terça-feira solarenga, na feira da Areosa, onde comprei igualmente um boneco de ventosa do Alf. Nada mau para o gajo que descobriu uma banda com um som jeitoso de manhã, e enquanto curava as dores no estômago estendido a ver TV se esqueceu do nome. Seja como for, aqui fica Nasce Selvagem:

A fechar as aquisições feitas de plástico talhado (já que não resolvi a situação do híbrido dos New Order e não o vou meter assim), o homem que salvo erro estreou a secção de videoclips aqui do tasco, John Foxx (então nos Ultravox) com o seu primeiro single a solo após a saída da banda, Underpass.

Um dos primeiros músicos new wave/post-punk e uma das inspirações para Gary Numan, um dos maiores artistas pop do virar da década, Foxx teve uma carreira bastante irregular (não como Numan, que apesar do decréscimo de qualidade continuava a produzir álbums em série, mas a desaparecer completamente da cena musical e voltar às roupagens de Dennis Leigh, professor e designer) ao longo das décadas seguintes, o que acabou por minar as suas aspirações no palco das músicos mais influentes da revolução musical dos anos 70.

Agora nos CDs, podemos dizer que foi o mês das edições com DVD. Mas começamos pelas normais – o segundo CD do Bernard Butler (que tem o site em remodelações – virá por aí o terceiro?) a solo entre os Suede e os The Tears, e partilhado com o projecto junto do cantor soul David McAlmont. Este tenho que admitir que ainda não o conheço convenientemente, mas comprei-o com base numa recomendação muito firme de alguém em quem confio bastante. Assim que tiver uma faixa escolhida, irá aparecer algures num post. Do outro lado está o The Rise And Fall Of Ziggy Stardust And The Spiders From Mars, a obra-prima de David Bowie lançada em 1972. Não há muito que possa dizer sobre o álbum; andava a pensar em comprá-lo há anos, mas foi preciso ver o Velvet Goldmine para me decidir a comprá-lo. Mesmo assim, ainda não me resolveu a dúvida eterna: será que o Peter Murphy canta a Ziggy Stardust melhor que o Bowie? Acho que preciso de comprar o single dos Bauhaus para ter a certeza…

Agora, as ditas edições com DVD. Numa altura em que a distribuição física é ameaçada pelos altos custos (comparado com edições apenas digitais) e pirataria, uma solução (principalmente para álbum sem “idade” para remasters ou sem material para faixas extra) é colocar um DVD com diversos tipos de extras. O DVD extra de Out Of The Angeles dos Amusement Parks on Fire (que já tinha comprado antes, mas consegui vender a verão normal e comprar esta por uma diferença mínima) encontra-se um concerto completo, e embora o som seja de uma grande qualidade, a decisão do realizador em mudar de ângulo de camera a cada cinco segundos acaba por tornar a experiência algo… desagradável. Seja como for, sempre é melhor que uma versão só com um CD. Já o dos Franz Ferdinand inclui bastantes extras, desde a filmagens e fotos da gravação do álbum, uma entrevista, o videoclip de Do You Want To e desbloqueia uma parte extra no site (que não tenho grande vontade de ver o que é). Assim, despeço-me deste post com Walk Away:

Posted Segunda-feira, 28 Abril 2008 by Silva in Compras

Tagged with , , , , , ,

Em comemoração do Record Store Day…

vinis

Post de compras quando receber os dois CDs que devem estar no correio… talvez amanhã. Ou quando (ou se)  resolver o problema ali do hibrido Bizarre Love Triangle/State Of The Nation.

Posted Domingo, 20 Abril 2008 by Silva in Compras, Musica

Tagged with , , ,

Lá vai o espaço…

 

Costumo dizer que quanto pior estou, mais tralha compro. E por “tralha” entenda-se “CDs que devia comprar ao longo de um mês”. Para terem a noção de como estive “saudável” nos últimos 5 dias…

cds.jpg

Ok, está ligeiramente aldrabado. O Stay Together foi comprado via Amazon Marketplace no começo do mês, e chegou cá hoje. Um bocado tarde para o empurrar para o número 1, mas cá fica para decorar a estante entre o Suede e o Dog Man Star, tal e qual como o tenho na minha playlist. Agora estou com a vontade suicida de continuar a comprar alguns singles que apareçam… A seguir deve ser o Trash – que à atenção da menina Katie – dá-se ao luxo de ter como BSides a Europe is Our Playground e a Another No One – em versões separadas. Sacanas. Vão-me obrigar a comprar as duas, não é?

Depois da compra obrigatória dos Suede, seguem-se os Everything But The Girl com o seu belíssimo álbum de 1994 Amplified Heart. Não será tão bom, como Baby The Stars Shine Bright, de 1986, mas é responsável pelo que será a música mais conhecida do grupo: Missing, mais conhecida após o tratamento de Todd Terry que lhe garantiu horas de airplay na altura:

Em seguida, os KLF que penso que já referi por diversos motivos: desde um livro que ensina como se faz uma música para chegar ao número um dos tops, um filme onde queimam um milhão de Libras ou da sua bombástica saída da indústria em 1992. Após ter “falhado” a compra do primeiro álbum dos Utah Saints (não tenho culpa do CD estar ligeiramente esburacado), virei-me para o que será a grande referência do Stadium House: The White Room, o último álbum da banda de Bill Drummond e Jimmy Cauty. Como a banda retirou todo o seu catálogo de circulação, também não me fiz estranho ao maxi-single Justified & Ancient. E paz no mundo para ver se eles voltavam, não?

No fundo, o primeiro trabalho a sério do Peter Hook fora dos Joy Division/New Order: Enquanto os Revenge foram um projecto realmente embaraçoso – até para quem aparece no documentário da banda rodeado de travestis – os Monaco já davam sinais de alguma qualidade. Music For Pleasure, apesar de ainda assim estar longe do que os New Order faziam (mas ao mesmo tempo, melhor do que iriam fazer depois da passagem do milénio) colocava um single lá perto do top 10, em parte pelas óbvias parecenças de What Do You Want From Me? com a sonoridade típica dos New Order:

E entre outras coisas, o Year Zero está (finalmente) encomendado, com um voucher de duas libras da CDWow a reduzir o preço para a exorbitância de 4 euros, e deve chegar cá ainda este mês. Espero. Agora vou é meter uns travões na loucura que ainda quero completar o… “projecto especial” este mês e ir a Braga para o mês que vem.

Posted Terça-feira, 12 Fevereiro 2008 by Silva in Compras, Musica

Tagged with , , ,

Sachola Media: Volume 1

E após algum tempo de espera, nesta primeira edição da Sachola Media, vamos passar em revista quatro álbuns, um deles algo de muito estranho. E pelo caminho, destruir a minha reputação enquanto jornalista de música. Duvido que tenha uma, mas assim fica destruída de qualquer forma.

sachola_01.jpg

Leia o resto deste artigo »

Posted Terça-feira, 14 Agosto 2007 by Silva in Sachola

Tagged with , , ,