Archive for the ‘Muse’ Tag

TOP DA DÉCADA: 150 – 50

Depois de apresentar os melhores de 2009, chegamos agora à altura de apresentar os melhores da década. Estes estão por ordem alfabética, e de novo, não estão por qualquer ordem de preferência.

Assim, aqui estão os álbuns eles:

Leia o resto deste artigo »

Anúncios

Undisclosed Desires dos Muse

Reacções:
facepalm4blurb_facepalm2_20090622facepalmfacepalm16dz7Socrates - face palmpolar-bear-face-palm-thumbnailJesus Facepalmfacepalm_impliedpalmfaceDoubleFacepalmRickerPicard

Posted Segunda-feira, 7 Setembro 2009 by Silva in Musica

Tagged with

Caro Matt Bellamy…

… mais merda como a United States of Eurasia não.  Até agora, temos passado todos muito bem sem os Queen.

Posted Quinta-feira, 23 Julho 2009 by Silva in Musica

Tagged with

Volume 2: Sound, Tears, Suede e Muse

Ou em português, Som, Lágrimas, Camurça e Musa. Tal como prometido, esta segunda edição da Sachola vai analisar da pior forma possível quatro dos últimos CDs que comprei: Dutch Radio Recordings #2 (09.04.82 Utrecht No Nukes Festival) dos The Sound, Here Come The Tears dos The Tears, Dog Man Star dos Suede e Absolution dos Muse

sachola_02.jpg
Leia o resto deste artigo »

Posted Sexta-feira, 14 Setembro 2007 by Silva in Sachola

Tagged with , , ,

O post de CDs mais demorado de sempre…

Porque, ora vejamos, passou pouco mais de uma semana entre o primeiro e o último CD cuja compra merece ser relatada. Tal como havia dito, tudo tinha começado algures há algum tempo quando me decidi a finalmente comprar um CD dos Suede, até porque num dos sítios onde costumo parar tinham a versão com 2 CDs. Estavamos em 1387, e os sinos celebravam o casamento de D. João I com D. Filipa de Lencastre. No entanto, como existem duas lojas, uma delas em Braga, só o iria ter alguns dias mais tarde. Isto obviamente, se ainda o tivessem. O que não foi o caso, e levado por ouvir a Heroine no Dog Man Star um número de vezes que me era capaz de qualificar automaticamente para um programa de audio-metadona, fui reservar o respectivo na loja abaixo. E assim foi. Para UMA SEMANA de espera. Sim. Enquanto remexia nas estantes da loja, encontrei um álbum dos Muse a preço razoável. E diga-se, preços razoáveis em coisas dos Muse são muito raras, por isso no dia seguinte…

abso_cabeca.jpg
Tshirt não irónica, era a única que tinha lavada

… foi arrebatado. E arrebatado, porque durante a análise cuidadosa da capa no pouco cuidadoso regresso a casa, reparei em algo que me tinha escapado:

…os Muse preveram o arrebatamento anos antes, com a capa do Absolution. Mas há dúvidas?
Por outro lado, o tempo que demorava a chegar o CD encomendado começava a pesar, e numa bela tarde de Agosto de 1833 decidi dar uma volta e parar de olhar para o Gmail à espera que algo acontecesse. Enquanto os canhões absolutistas abriam fogo sobre a cidade, decidi ir dar um passeio até à loja que faltava. Agora a questão, porque é que me fui meter num verdadeiro antro de perdição? Porquê? PORQUÊ? Pois bem. Não sei dar uma resposta a essa pergunta. Masoquismo? Talvez. Porque se me metem muitos CDs à frente, eu não resisto a escolher alguma coisa. No entanto, a mítica lista de pouco me serve para além de anotar preços, e sem estar preparado, acabei por comprar algo que tinha debaixo de olho há algum tempo:

sound_ouvido.jpg
Oh meus amigos, como estavam à espera que
equilibrasse uma sleeve na cabeça? Não sou gajo de usar gel.

O CD ao vivo dos The Sound que inclui esta versão incrivelmente intensa da Missiles e esta igualmente boa da Winning. Com a notícia que os Police iam ser a capa da Blitz de Setembro e sem nada de relevo sobre o Tony Wilson, a capa da NME com o respectivo acabou por me chamar a atenção. Pois bem.

(foto assim que descobrir onde meti a revista)

They said I was weak… I am a freak. Mas finalmente, em 1963, por entre a inauguração da ponte da arrábida finalmente chegou o dito CD.

suededms_cabeca.jpg
“ai ai vai caiiiiiiiiii…”

Curiosamente, no meu dia de aniversário. Mas seja como for, isto demorou ainda mais tempo por um motivo: apesar da maravilha que é a internet para encontrar música, havia um CD que não encontrava em lado nenhum, e estava barato numa das lojas. Dizia eu que era fraco?

tears_cabeca.jpg
O ar pensativo é para “hm, se calhar já não tem tanta piada”
e “quatro num dia? porrra que isto cansa”

Com o belo nome “Here Come The Tears”, o Chanceler não se converteu ao Emo. Apenas estava curioso em saber o que o Brett Anderson e o Bernard Butler faziam junto em 2005. O que será revelado numa Sachola com estes quatro CDs brevemente (ou cinco…).

E agora, há que fazer a pergunta: o que se segue? More on that, tomorrow.

Posted Quinta-feira, 6 Setembro 2007 by Silva in Compras, Musica

Tagged with , , ,

Arremusamento

muse_absolution.jpgAaaaah, finalmente, comprar o caraças de um CD. Após uma semana em que soube que a revista do Sport Bild já tinha esgotado uma semana antes de ter ido lá (e mesmo assim, tive que ir lá ver se já tinha chegado de dois em dois dias durante duas semanas até me dizerem isso), pensar que ia comprar o Coming Up, saber que tinha voltar da loja em Braga, ir lá dois dias depois e afinal de contas não estar, mas como já tinha dito à Katie, há males que vêm por bem, e sempre deu para reservar o Dog Man Star. Que só chega daqui a uma semana. Por sorte (de facto, há mesmo males que vêm por bem), reparei que na loja tinham outras coisas em conta, incluindo um CD que a comprar novo por cá custa um braço e uma perna (leia-se, uns 5/7 euros acima do normal), o Absolution dos Muse. No entanto, vou tirar as fotos deles na cabeça e escrever sobre isso noutra altura (quando tiver o dos Suede parece uma boa ideia).

O que está aqui em questão foi uma coisa que me passou pela cabeça enquanto voltava para casa a ver o booklet jeitoso do álbum (e eu preocupado em não arranjar um telemóvel por coisas como estas) , e a imagem ser bastante familiar. Após pensar um bocado, foi óbvio onde: isto é a cena final do Arrebatamento, do Pastor Adelino de Sousa, do qual já fiz um poster e tudo. É óbvio que os Muse adiantaram-se, e fizeram a capa da banda sonora:

muse_absolution_arre.jpg

Matt, seu ganda maluco.

Posted Sexta-feira, 24 Agosto 2007 by Silva in Bandalheira, Musica

Tagged with